Expandir Player



Sua enciclopédia de rock progressivo

Participe tornando-se um seguidor

Receba atualizações via e-mail


Não temos links de downloads

Anamorphose, Jazz Rock/Fusion, France

"Anamorphose" começou na França em 1982 quando "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxophone) encontrou-se com "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose". Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular "Anamorphose" começou na França em 1982, "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxophone) encontrou-se  "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em assinaturas de tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose". Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular irlandesa e grega), um baterista que eles chamavam de "sherpas" que desapareceu do cenário musical muito cedo e uma mulher no baixo chamada "Odile Eschenbrenner" que também desapareceu. A segunda formação contava com "Eric Bailles" no baixo, que tocou com a banda alternadamente com "Natanael Veyrat" (que apareceu em seu único álbum) e, finalmente, "Christophe Torion" na bateria. Em 30.10.1986 eles gravaram seu único álbum, que por sinal é ao vivo, foi mixado nos Estúdios "Dagobert" nos dias 14 e 15 de novembro e publicado em dezembro daquele ano. Em 1988, "Philippe Villiot" deixou a banda que continuou como um quarteto por alguns anos antes de juntar-se com o guitarrista "Eric minen". "Anamorphose" fez algumas outras gravações de uma forma mais profissional, mas é daquelas que nunca foram lançadas. Em 1997 a banda se desfez."Anamorphose" começou na França em 1982 quando "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxofone) encontrou-se com "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose". Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular "Anamorphose" começou na França em 1982, "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxofone) encontrou-se  "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em assinaturas de tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose".
Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular irlandesa e grega), um baterista que eles chamavam de "sherpas" que desapareceu do cenário musical muito cedo e uma mulher no baixo chamada "Odile Eschenbrenner" que também desapareceu. A segunda formação contava com "Eric Bailles" no baixo, que tocou com a banda alternadamente com "Natanael Veyrat" (que apareceu em seu único álbum) e, finalmente, "Christophe Torion" na bateria. Em 30.10.1986 eles gravaram seu único álbum, que por sinal é ao vivo, foi mixado nos Estúdios "Dagobert" nos dias 14 e 15 de novembro e publicado em dezembro daquele ano. Em 1988, "Philippe Villiot" deixou a banda que continuou como um quarteto por alguns anos antes de juntar-se com o guitarrista "Eric Minen". "Anamorphose" fez algumas outras gravações de uma forma mais profissional, mas é daquelas que nunca foram lançadas. 
Em 1997 a banda se desfez.

Palimpseste 1986
"Anamorphose" começou na França em 1982 quando "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxophone) encontrou-se com "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose". Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular "Anamorphose" começou na França em 1982, "François Dumont d'Ayot" (flauta e saxophone) encontrou-se  "Olivier Lamorthe" (piano e sintetizador) depois de um concerto padrão de jazz onde ambos tocaram. Eles queriam tocar algo mais criativo com ênfase em assinaturas de tempo não convencionais, daí surgiu o "Amenorphose". Sua primeira formação contava com "Olivier Lamorthe" nas teclas, "François Dumont d' Ayot" no saxofone e flauta, "Philippe Villiot" no violino (vindo da música popular irlandesa e grega), um baterista que eles chamavam de "sherpas" que desapareceu do cenário musical muito cedo e uma mulher no baixo chamada "Odile Eschenbrenner" que também desapareceu. A segunda formação contava com "Eric Bailles" no baixo, que tocou com a banda alternadamente com "Natanael Veyrat" (que apareceu em seu único álbum) e, finalmente, "Christophe Torion" na bateria. Em 30.10.1986 eles gravaram seu único álbum, que por sinal é ao vivo, foi mixado nos Estúdios "Dagobert" nos dias 14 e 15 de novembro e publicado em dezembro daquele ano. Em 1988, "Philippe Villiot" deixou a banda que continuou como um quarteto por alguns anos antes de juntar-se com o guitarrista "Eric minen". "Anamorphose" fez algumas outras gravações de uma forma mais profissional, mas é daquelas que nunca foram lançadas. Em 1997 a banda se desfez.
FAIXAS:
1. Barthelemy (6:44)
2. Triphrons (9:58)
3. La Tuna (5:24)
4. Cache-Cash (4:23)
5. Arsenic (& Vielles Dentelles) (8:51)
6. Rondes de Nuit (7:43)
Total Time: 43:08

MEMBROS:
- François Dumont d'Ayot / saxophone, flute
- Philippe Villiot / violin
- Nathanaël Veyrat / bass
- Olivier Lamorthe / piano, synthesizer
- Christophe Torion / drums

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem vindo !
Comente, opine, se expresse! esse espaço é seu!

Total de visualizações de página